domingo, 24 de junho de 2007

O início

Em reconhecendo do crescente interesse e importância científica das doenças infecciosas emergentes e não existindo em Portugal um mestrado que integrasse os aspectos epidemiológicos, microbiológicos, parasitológicos, de biologia molecular, de imunologia e de infecciologia, foi criado o mestrado em Doenças Infecciosas Emergentes, na Faculdade de Medicina de Lisboa.
A primeira edição do Mestrado foi em 2003, tendo-se realizado em todos os anos subsequentes, o que vem reforçar a sua importância no panorama do ensino pós-graduado em Portugal.

Sem comentários: